A palavra Jiu Jitsu significa “arte suave” por ter como princípio ceder para vencer, usar o peso e a força de seu adversário contra ele mesmo. O conceito dessa arte marcial consiste em permitir que um praticante mais fraco possa dominar outro mais forte, o que exige o uso mais eficiente das energias mental e física. O objetivo do Jiu Jitsu brasileiro é dominar o adversário, entretanto o princípio básico é a defesa pessoal. Três habilidades principais devem ser dominadas pelo praticante de jiu jitsu: o movimento, o equilíbrio e a alavanca.

O movimento será utilizado para criar as situações de perda de equilíbrio do adversário, o que lhe proporcionará a oportunidade de atacá-lo enfraquecido, pois sem equilíbrio não existe a força.

O equilíbrio próprio deve ser mantido sempre para que se tenha controle dos movimentos e para que se chegue com mais facilidade às posições de alavanca.

A alavanca é usada para ampliar sua força e lhe permitir mover seu adversário ou mesmo atacá-lo. Ao dominar as três habilidades descritas acima, um estrategista de jiu jitsu pode maximizar seu poder evitando, ao mesmo tempo, que seu oponente tire vantagem da força que tem.

Um conhecedor da arte jiu jitsu sabe que a força só tem valor quando pode ser colocada em ação e, com a técnica apropriada, até mesmo uma criança pode vencer um poderoso adversário.

Com esses conceitos não quero dizer que a estratégia do jiu jitsu brasileiro seja uma arma exclusiva para os fracos ou pequenos; pessoas ou empresas, grandes e fortes, se souberem usar esses conceitos aliados à sua força, se tornarão concorrentes extremamente perigosos. A força pura não significa muito, mas quando encontramos adversários do mesmo calibre de conhecimento, ela se torna um diferencial determinante para a vitória. A prática do Jiu Jitsu brasileiro proporciona diversos ganhos aos alunos, como aumento da flexibilidade, perda de peso, força física, aumento da autoconfiança e da autoestima.

Faixas do Jiu Jitsu

Os lutadores de jiu jitsu possuem diversas faixas, que vão mudando conforme a idade, o tempo de prática e o potencial.

  • Branca– Para qualquer idade;
    • Cinza – Entre 4 anos a 6 anos;
    • Amarela – De 7 a 15 anos;
    • Laranja – De 10 a 15 anos;
    • Verde – De 13 anos a 15 anos;
    • Azul – Varia com o potencial do atleta, normalmente aquele que pratica de 1 ano e meio, a 2 anos, e a partir de 16 anos;
    • Roxa – Varia com o potencial do atleta, normalmente 2 anos, e a partir de 16 anos;
    • Marrom – Varia com o potencial do atleta, normalmente 1 ano e meio, a partir de 18 anos;
    • Preta – A partir de 19 anos;
    • Coral – Mestre
    • Vermelha – Grande Mestre

Benefícios do Jiu-Jitsu

  • Diminui o stress;
  • Defesa pessoal tanto para homens quanto para mulheres;
  • Desinibe os tímidos e acalma os agitados e ansiosos;
  • Aumenta a auto-estima, auto-confiança e desenvolve o caráter, (esporte de conquista individual);
  • Trabalha e define o corpo, como os braços, abdômem e quadril, tanto em homens quanto em mulheres;
  • Aumenta a resistência do organismo;
  • Acelera o metabolismo;
  • Melhora a capacidade cardiovascular e respiratória;
  • Aumenta a flexibilidade;
  • Aumenta a coordenação motora;
  • Aumenta os reflexos.